voltar

Blog > DIY: gravuras de Matisse para ensinar arte às crianças

DIY: gravuras de Matisse para ensinar arte às crianças


Henri Matisse (1869-1954) foi um dos mais famosos pintores franceses da virada do século XIX para o XX. Teve uma enorme influência para as artes modernas do Ocidente. No entanto, na década de 1940, durante a fase mais gloriosa de sua pintura, problemas de saúde fizeram com que passasse por uma grave cirurgia que o impossibilitava de ficar em pé, trazendo dificuldades para que exercesse o seu ofício. Na maior parte do tempo deitado, Matisse criou uma nova forma de produzir a sua arte. Com dificuldades em manipular as cores que utilizaria, assim como, sem a força física necessária para pintar, passou a recortar papeis previamente pintados a guache, encontrando um meio de driblar seus impedimentos de saúde e continuar a fazer sua arte, contribuindo enormemente para o desenvolvimento da gravura e da ilustração modernas.


Assim, com uma simples tesoura e papeis coloridos pelas tintas em tons exatos que tinha catalogado, resolve em suas gravuras, ao mesmo tempo, os problemas de forma, de espaço, de contorno de cor, de estrutura e de orquestração que sempre tentou conciliar em sua pintura. Suas gravuras possuem ritmo e imaginação, além de reunir realismo com abstração. Ajudado por uma assistente, no fim da vida era assim que Matisse inovava mais uma vez em sua forma de produzir arte.



Às crianças fica a lição do gênio das artes. Utilizar esse método de criação de Matisse permite que elas criem, combinem cores e formas que desenvolvem sua percepção estética e sua criatividade. Criar livremente é a forma mais efetiva de desenvolver a criatividade, como já falamos sobre isso em um post anterior. A seguir, alguns exemplos de como podem ficar lindas as gravuras dos pequenos quando lhes permitimos o livre criar inspirado na obra de Matisse e como isso pode também decorar lindamente a sua casa:



Você vai precisar de:



— papel cartão/canson branco



— tintas acrílicas de várias cores



— pincel



— tesoura



— cola



— cartolina branca, moldura (para fazer quadrinho), fio de nylon (para fazer um móbile)





Os exemplos abaixo demonstram a criatividade despertada nas crianças ao produzirem arte através de recortes livres inspirados na obra de Matisse:



Colagens simples em uma cartolina ou tela branca, pequenos recortes que montam quadros emoldurados em conjunto ou móbiles para enfeitar a casa. Qual deles vai ficar mais lindo com os recortes de seu filho?