voltar

Blog > Respeitando o espaço do bebê

Respeitando o espaço do bebê

Quantas vezes vemos pessoas acharem que bebês são objetos fofos para serem abraçados e beijados como se eles não possuíssem sentimentos? Pois, pelo contrário, dependendo da personalidade do seu bebê, ele pode muitas vezes não querer ir no colo ou interagir com um desconhecido.

Por isso, os pais devem ter em mente que o bebê também tem seu tempo para acostumar-se e familiarizar-se com desconhecidos. Do mesmo modo, os desconhecidos devem não ser tão invasivos quando conhecem um novo pequeno. Não esqueçamos que bebês são também pessoas como nós.

Assim, é preciso respeitar o espaço do bebê, dar a ele seu tempo, não só para que se acostume com estranhos, mas com qualquer mudança maior em sua rotina. Mesmo sem ainda saber falar ou expressar propriamente seus sentimentos, os bebês e as crianças mais novas são muito sensíveis a quaisquer práticas invasivas por parte dos adultos.

E nós, adultos, precisamos ter ciência disto. Bebês são fofinhos, lindos e cheirosos, mas também possuem seu próprio tempo e sua individualidade. Nada de avançar o sinal com esses pequenos. É preciso respeitar o espaço deles, para que assim possamos realmente conquistá-los.