voltar

Blog > Tubérculos saudáveis

Tubérculos saudáveis

Quando pensamos em tubérculos, logo vem a nossa mente a batata, o mais popular desse tipo de leguminosas. No entanto, a batata é pobre em vitaminas, proteínas e fibras, sendo apenas uma fonte poderosa de carboidratos. Mas outros tubérculos são muito mais saudáveis e até mais saborosos, sendo ótimas opções para substituí-la no cardápio. Separamos alguns deles com ideias de consumo que vão agradar a criançada.

Mandioquinha: Também conhecida como batata salsa ou batata baroa, esta tuberosa é rica em fibras, tem ação antioxidante, altos níveis de vitamina C, E, B e K. É também uma boa fonte de cálcio. Sugestão de consumo: purê de mandioquinha é uma delícia para o almoço como acompanhamento. Amasse 4 mandioquinhas pré-cozidas, misturando 1 colher de sopa de manteiga e sal a gosto.

Mandioca: Atende também pelo nome de aipim ou macaxeira, dependendo da região do país. A mandioca é o alimento base da cultura indígena e por isso tão popular no Brasil. Fonte natural de fibras e potássio, é altamente energética, sendo recomendada até para quem tem diabetes, além de possuir ação antioxidante. Sugestão de consumo: cozida na água, com um pouco de sal. O cozimento é demorado, cerca de 1 hora. Dica: ao comprar a mandioca, descasque-a e coloque-a direto na água para conservar por até um dia. Você também pode descascá-la e levar ao congelador, com validade de até 3 meses.

Batata doce: Muito consumida para a prática de esportes e emagrecimento, a batata doce possui baixo índice glicêmico, já que sua absorção é mais lenta. É também um carboidrato complexo recomendado para diabéticos. Ajuda na formação de colágeno e é rica em vitaminas A, B e C, além de fibras. Sugestão de consumo: assada. Pré-aqueça o forno por 10 minutos a 220 °C. Coloque a batata com casca e tudo no forno, virando de lado a cada 10 minutos por cerca de 40 minutos. Sirva em seguida, com casca e tudo, basta cortá-la no meio e raspar o conteúdo com uma colher.

Inhame: Outra tuberosa de tradição indígena, o inhame é outra fonte riquíssima em fibras. É rico em ferro, potássio, cálcio, cobre, fósforo e magnésio, fonte de fibras e ácido fólico, sendo o mais saudável desses quatro tubérculos. Sugestão de consumo: cozido. Descasque e pique o inhame, cozinhe por 30 minutos em água fervente. Sirva com um pouco de sal e manteiga de café da manhã, fica uma delícia!