voltar

Blog > CineMaterna

10 dicas para as crianças dormirem melhor


Se toda noite é aquela mesma saga para fazer o seu filho dormir, talvez seja propício tomar algumas medidas que o ajudem a pegar no sono no horário conveniente. Estas 10 dicas podem ajudar a criança a seguir uma rotina ideal para o sono da família toda:

  1. Evite grandes refeições e alimentos pesados pelo menos 2 horas antes do momento de dormir, assim como bebidas ou comidas que contém cafeína 6 horas antes de ir para cama.

  2. Depois do jantar, é melhor não haver atividades estimulantes e brincadeiras que despendam muita energia, elas acabam tirando o sono das crianças. O melhor é relaxar, ler uma boa história e dar um tempo para a digestão.

  3. Avise seu filho com certa antecedência sobre o horário de ir dormir, por exemplo: “daqui a 30 minutos é hora de deitar e dormir”. Mas avise apenas uma vez. Se você reiterar essa informação, acaba dando chance a criança de postergar a hora de finalmente descansar.

  4. Logo depois desse aviso, estabeleça uma rotina de relaxamento no quarto da criança. É um tempo para curti-la, contar histórias, conversar ao seu lado na cama. Evite contos assustadores ou ligar a TV. Também, é melhor ler histórias conhecidas e apreciadas pela criança, pois, aquilo que já lhe é familiar a faz relaxar.

  5. Evite cantigas de ninar e balançar a criança no berço ou em seu colo para fazê-la dormir, porque isso pode condicioná-la a só dormir com o movimento ou a música. Desta forma, se ela acordar no meio da noite, você acabará tendo que repetir o procedimento. O melhor é condicioná-la a dormir em contato com algum objeto que lhe dê conforto, como um cobertor ou um bichinho de pelúcia.

  6. Garanta o conforto de seu filho na cama ou no berço. Pijamas, cobertores, travesseiros e ursinhos de pelúcia não devem restringir seus movimentos. Da mesma forma, a temperatura do quarto deve estar agradável.

  7. Se seu filho chama por você logo depois de ficar sozinho no quarto, não o responda imediatamente. Essa atitude o fará lembrar que está na hora de dormir e também lhe dará a chance de acalmar-se e dormir sozinho, enquanto espera por você atendê-lo.

  8. Se a criança sair do quarto no meio da noite, conduza-a gentilmente à cama e lembre-a que é hora de dormir.

  9. Alguns objetos que acalmam a criança podem ser bons aliados para fazê-la relaxar, não só bichinhos de pelúcia para abraçar, como também alguns aromas calmantes que você pode borrifar no quarto ou uma meia luz agradável para os pequenos que têm medo de escuro.

  10. Estabeleça uma lógica de compensação para cada noite que a criança passa inteirinha em seu quarto, sem problemas para dormir. Assim, se ela receber algo que deseja por dormir direitinho, acaba internalizando mais facilmente a importância de seguir essa rotina.

Dicas para um sono melhor

O sono dos pequenos é uma das mais importantes tarefas das quais os pais estão encarregados. Por isso, quanto mais informações e dicas tivermos ao nosso dispor, melhor.

A seguir listamos algumas das mais importantes para facilitar essa tarefa às vezes tão difícil:

- Evite televisão, tablete, computador ou outros dispositivos eletrônicos pelo menos uma hora antes da hora de ir para a cama. O estímulo e a luz das telas desses aparelhos desaceleram o processo do sono.

- Crianças que se exercitam fisicamente através de atividades físicas como brincadeiras e esportes tendem a ter uma qualidade do sono superior aos que têm uma rotina mais sedentária.

- O ambiente faz toda a diferença. Tranquilidade, silêncio e pouca ou nenhuma iluminação são fundamentais.

- A rotina é importantíssima para a qualidade do sono do pequeno. Saber que tem hora para dormir e para levantar contribuem para a melhor adaptação do organismo.

- O jantar deve preferencialmente acontecer por volta de 2 horas antes da hora de dormir. Uma refeição leve e balanceada ajuda a evitar mal estar durante a noite e garante que os pequenos não tenham o sono interrompido por estarem com fome.

Problemas que a falta de sono pode causar

Sabemos, não é de hoje, que a falta de sono atrapalha o nosso desempenho durante o dia, afetando nossa concentração e nosso humor. Com as crianças não é diferente. Um estudo recente feito no Canadá confirmou que horas de sono abaixo da quantidade ideal interferem na atenção dos pequenos. Por estar relacionado com a produção de hormônios que regulam nosso humor, a falta de sono tem efeito emocional também. A regulação do humor fica comprometida quando a rotina da criança não acomoda um sono de qualidade, na quantidade adequada.

No que diz respeito ao corpo, o metabolismo da criança acontece em grande parte durante o sono. Portanto, a falta de sono pode alterar e desregular o metabolismo relacionado com o controle da diabetes, podendo contribuir com a obesidade infantil. Alguns estudos sugerem que um sono em quantidade inadequada pode também comprometer o sistema imunológico dos pequenos.
Confira aqui algumas dicas para um sono de qualidade para o bebê que sugerimos em outro post.

Dicas para um sono com mais qualidade para os pequenos

O ambiente em que o bebê dorme tem um papel importante na qualidade do sono do pequeno. Por isso é importante se atentar a pequenos detalhes que podem fazer toda diferença.

Selecionamos aqui alguns deles:

- mantenha o quarto sem luz acesa durante a noite, o ambiente escuro estimula a produção de melatonina, o hormônio do sono;

- diferencie o dia e a noite. Nas sonecas durante o dia, mantenha o quarto com iluminação natural;

- tente ao máximo manter uma rotina de sono, com horários para sonecas e para a hora de dormir;

- caso o bebê acorde ou resmungue durante a noite, tente fazê-lo voltar a dormir entendendo que ainda é hora de descansar;

- não ofereça chás calmantes a não ser que seja recomendado pelo pediatra. Os bebês podem consumir chás, como de camomila, a partir dos 6 meses.

As sonecas do dia e sua importância para os bebês

Desde que começam a ter uma regularidade maior do sono, os bebês passam a consolidar os soninhos do dia geralmente em dois períodos: um de manhã e outro à tarde. Isso normalmente acontece depois dos 3 meses de vida. O sono da noite é fundamental para a saúde e o organismo da criança. Pois as sonecas do dia são tão importantes quanto para o bebê se desenvolver de forma saudável.

Algumas das vantagens dos soninhos do dia são: diminuição da ansiedade, da irritação, desenvolvimento da memória, aumento da disposição, ajuda a relaxar e até melhora o apetite.

Por volta dos 2 anos de idade, o sono passa a ser à tarde. E ainda assim é importante e necessário para a criança.

O tempo da soneca não precisa ser maior que 1 hora nessa fase. Mas vale respeitar o tempo de cada criança. Vale ressaltar que os cochilos do dia são diferentes da noite de sono e é importante que isso esteja claro pros pequenos também. Não é preciso pijama, o ambiente pode ficar à meia-luz, e nem precisa ser no berço. A mesma rotina para a hora da soneca todos os dias também ajudam a acalmar e fazer a transição da brincadeira para o descanso. Ler um livro, por exemplo antes de dormir pode fazer parte do ritual. No final de semana, a rotina continua.

Quantas horas por dia o bebê deve dormir?

Quanto mais novos, mais horas de sonos os pequenos precisam todos os dias. O sono é fundamental para a saúde e o crescimento das crianças, desde o seu nascimento. Com mais intervalos quando são recém-nascidos e mais concentrados conforme vão crescendo, as horas de sono são importantes para diversas funções do organismo dos baixinhos. A memória processa as informações recebidas enquanto a criança estava acordada, o hormônio do crescimento é produzido, o sistema digestivo absorve os nutrientes, e muito mais.
De acordo com a Fundação Nacional do Sono, nos EUA, as horas adequadas para cada idade são as seguintes:

Pode haver pequenas variações para mais ou para menos, já que cada indivíduo é diferente. Porém, essas variações não devem passar de 2 horas.
Preste atenção na quantidade de tempo que seu filho passa dormindo e procure estabelecer uma rotina agradável para ele e que seja saudável para seu desenvolvimento. Pode levar algum tempo mas os resultados são compensadores.