voltar

Blog > Educação

5 brincadeiras que desenvolvem a coordenação motora grossa

Para ajudar as crianças mais novinhas a desenvolverem mais de sua coordenação motora grossa, a brincadeira é fundamental. Atividades como correr, pular, arremessar exigem muito de seus músculos maiores. Confira algumas brincadeiras clássicas da infância que ajudam nesse processo:
1. Imitação: a chave para ajudar seu filho a desenvolver a coordenação motora grossa é fazer com que entenda o que o corpo humano pode fazer. Atice a imaginação da criança e faça-a copiar seus movimentos. Bata a asas como um pássaro ou pule como um sapo. Brinquem de mímica e, juntos, adivinhem o que cada um imita.
2. Brincar de balanço: o balanço ajuda o pequeno a desenvolver seu equilíbrio, assim como exige que ele coordene alterações de peso para dar impulso ao movimento.
3. Dançar: dançar ajuda a criança a desenvolver a percepção de ritmo e coordenar seus movimentos a partir dele.
4. Obstáculos: obstáculos de um parquinho, ao ar livre ou até mesmo dentro de casa são formas divertidas de ensinar o pequeno a traçar metas e vencer suas as dificuldades até conquista-las. Utilize móveis e almofadas para construir obstáculos a serem superados para ao fim do percurso, mas sempre atento à segurança da brincadeira.
5. Amarelinha: pular amarelinha fortalece os músculos, desenvolve o equilíbrio e a coordenação, alternando o ato de ficar sobre apenas uma perna e, depois, sobre duas, abaixando para pegar a pedrinha, etc. É um exercício completo e divertido.

Além dessas brincadeiras tradicionais, brinquedos também podem ajudar no desenvolvimento da coordenação motora grossa das crianças. Confira a lista dos produtos Calesita pensados para isso!

As vantagens de se brincar muito!

Todo mundo sabe que a Calesita quer que as crianças brinquem, e muito! Brincar favorece o desenvolvimento físico, psíquico e cognitivo dos pequenos, da maneira mais natural e divertida que existe.

A criança utiliza todos os sentidos durante a brincadeira: audição, visão, tato, paladar, tato e olfato. A brincadeira entre pais e filhos, ou entre adultos e crianças é um dos momentos mais importantes para o estímulo de suas habilidades. Vale lembrar que a brincadeira independente de adultos também é importante e faz parte do desenvolvimento dos pequenos. No entanto, além de fortalecer laços e vínculo, brincar com a orientação de um adulto favorece o aprendizado.

Desde bebê, conversar com o pequeno ajuda no aprendizado da linguagem e expressão.

Brincadeiras que envolvem movimento do corpo vão estimular a motricidade, a coordenação motora grossa, de grandes articulações como joelhos e ombros, e a coordenação motora fina, como de mãos e dedos.

A brincadeira em conjunto com outras crianças, adultos, em casa ou ao ar livre estimula a socialização. Lidar com sentimentos de angústia, divisão da atenção e do espaço, dividir os brinquedos e entender o mundo a sua volta começa com o convívio com os outros.

Além dessas áreas do desenvolvimento, a brincadeira envolve imaginação, criatividade, resolução de problemas, compreensão de causa e efeito e muitas outras. Confira no nosso site todas as funções que os brinquedos e a brincadeira estimulam desde bem cedo nos pequenos!

5 fatos sobre os primeiros passos

Os primeiros passos do bebê são muito esperados por toda a família e é uma importante conquista para o pequeno. É importante lembrar que cada criança tem o seu tempo, e para evitar a ansiedade, o melhor a fazer é se informar. Confira abaixo importantes fatos sobre esta fase:

- A criança pode começar a andar por volta dos 9 meses, mas a época mais comum é por volta de 1 ano de idade.

- Estimule a criança desde cedo, a partir dos 3 meses ela começa a desenvolver movimentos como rolar de um lado para o outro. Ao longo do primeiro ano de vida, a criança vai evoluir as posições desde sentar sem apoio até engatinhar e ficar em pé com apoio.

- Busque estimular o movimento, colocando brinquedos ou objetos de interesse da criança a uma distância que vá exigir que ele se locomova.

- Os tombos fazem parte do aprendizado. A criança precisa de supervisão, mas caso caia, procure manter a calma e garantir para a criança que está tudo bem.

- Mantenha a sua casa segura a partir do momento que o pequeno começa a andar. Janelas, degraus, tomadas, banheiras e vasos sanitários precisam estar fora do alcance.

Confira no nosso site, todos os brinquedos que ajudam a estimular a coordenação motora grossa, de braços e pernas, para ajudar o seu bebê desde cedo!

O que é Coordenação Motora?

Coordenação motora é a capacidade que temos de movimentar nossos ossos e músculos através de comandos cerebrais. O resultado desse comando é movimento das mais diversas partes do nosso corpo, geralmente com um objetivo funcional. Andar, correr, agarrar objetos, falar, saltar, sentar e levantar, levantar os braços, bater palmas...os exemplos são incontáveis.

Há uma diferenciação entre coordenação motora fina e grossa. A primeira envolve músculos pequenos, como os dos dedos da mão e do pé. A ativação desses músculos geralmente resulta em movimentos precisos e delicados. A coordenação motora grossa, por outro lado, envolve grandes grupos musculares e articulações, com movimentos de grande amplitude, como andar e correr.

A coordenação motora é desenvolvida desde pequenos. O estímulo desse desenvolvimento é importante para proporcionar as crianças oportunidades de treinar e aprimorar os movimentos. Tudo isso, claro, gradativamente e respeitando o desenvolvimento físico do corpo. Antes de começar a andar, por exemplo, os nervos e músculos dos membros inferiores precisam se preparar para conduzir os comandos do cérebro, o que geralmente ocorre por voltar dos 12 meses de idade.

Para estimular o desenvolvimento da coordenação motora, brinquedos e brincadeiras são importantes e precisam fazer parte da rotina das crianças. Os brinquedos da Calesita são desenvolvidos para estimular essa habilidade, de acordo com cada idade.

Confira no site os brinquedos mais indicados para o seu pequeno e conheça também quais outras importantes funções eles ajudam a desenvolver!

Dicas para como limpar os brinquedos das crianças

Para evitar alergias e doenças causadas por microorganismos que podem se proliferar no quarto e nos brinquedos das crianças, é importante prestar atenção nos cuidados com a higiene dos objetos que fazem parte da rotina dos pequenos. Separamos algumas dicas práticas para limpar os brinquedos. Confira abaixo:

- Brinquedos de borracha ou E.V.A. – podem ser higienizados com água e sabão ou apenas com um pano umedecido com álcool.

- Brinquedos de pelúcia – envolva os brinquedos em um saquinho protetor próprio ou uma fronha e leve à máquina de lavar, selecionando o ciclo para roupas delicadas. Seque os bichinhos em local arejado e ensolarado.

- Brinquedos de madeira – use um espanador, um pano seco ou levemente umedecido, já que o material, normalmente MDF, pode absorver água.

- Eletrônicos – use espanador ou pano macio seco. Retire as pilhas quando não estiver utilizando.

- Plástico – brinquedos de plástico podem ser lavados com água e sabão, colocados na máquina de lavar louça ou serem limpos com pano umedecido em álcool.

Kit de Cozinha na lista dos Melhores Brinquedos do Ano!

Há 11 anos, a Revista Crescer publica uma lista com os melhores lançamentos em brinquedos do ano, eleitos pelas crianças.

Quem melhor entende do assunto avaliou e testou o Kit de Cozinha, um dos nossos lançamentos, e colocou a Calesita mais uma vez na lista.

O Kit de Cozinha vem com todos os acessórios para uma brincadeira deliciosa na cozinha de faz de conta, e vem nas cores verde, branco e laranja. Além de deixar a brincadeira mais divertida, o Kit de Cozinha também ajuda a estimular habilidades importantes, físicas e cognitivas, como Imaginação, Criatividade, Resolução de Problemas, Aprendizado pela Imitação e muitas outras. Confira mais detalhes aqui.