voltar

Blog > Obesidade Infantil

Móbiles: benefícios e cuidados!

Você conhece os benefícios dos móbiles?

Quando pensamos em móbiles, é comum relacionamos aos enfeites para berço, porém sua função vai além, sendo de grande importância no desenvolvimento dos bebês.

Utilizando movimentos, cores, formas e música, os Móbiles estimulam os sentidos da audição, visão e tato e já são recomendados a partir do segundo mês de vida, quando os pequenos conseguem distinguir sons.

Para melhor usufruir, veja alguns cuidados que devem ser tomados na hora de instalar: o móbile deve estar a meio metro de distância do bebê e com uma direção entre 30 e 45 graus de sua visão (ele não pode olhar diretamente para o teto, pois isso dificulta a lubrificação dos olhos e faz com que a criança force a cabeça). Também é importante que a base onde o objeto é preso ao berço seja bem resistente.

A Calesita possui o Móbile Musical Calesita e o Móbile Doce Melodia. Ambos são fáceis de instalar e trazem caixinhas de música para embalar o soninho dos pequeninos.

Feitos com muito carinho e padrão Calesita, os móbiles desenvolvem as habilidades sensoriais, atenção e concentração, curiosidade e descoberta. Uma forma perfeita para começar os primeiros meses da vida dos baixinhos!

Fonte: Revista Crescer

Quebra-cabeça!

O nome já diz tudo: tem que quebrar a cabeça para chegar ao objetivo final. Seja a montagem de um quadro ou o simples preenchimento de espaços. Os puzzles, ou quebra-cabeças, são brincadeiras que marcaram gerações e estão sempre em alta. Além dos benefícios já conhecidos – como estimular a curiosidade, a autoconfiança, autonomia, raciocínio, pensamento, concentração e atenção – o brinquedo faz com que as crianças busquem soluções de forma criativa.

Conheça a coleção Puzzle Mania, da Calesita para bebês a partir de 1 ano. A brincadeira será montar e desmontar tudo muitas vezes.

Puzzle Mania Fazenda


A base é um grande quebra-cabeça com peças para encaixar na forma de uma casinha de fazenda. Em cima, a brincadeira continua e fica mais divertida com as peças coloridas em forma de animaizinhos.

 Puzzle Mania Árvore


A base em forma de árvore tem cores fortes e peças enormes para encaixar em duas fases.

Em cima, a brincadeira continua com o encaixe das formas de animaizinhos simpáticos e coloridos. A criança faz os encaixes através da experimentação das formas.

 Puzzle Mania Letras


A base é um grande quebra-cabeça com cores fortes e peças enormes para encaixar! Em cima, a brincadeira continua com o encaixe das peças didáticas combinando formas e figuras dos animaizinhos. As letrinhas encaixam em cima de cada forma. A mamãe poderá brincar junto e ensinar o som de cada letra.

Duo Baby Puzzle


A base é um quebra-cabeça com cores fortes e peças enormes para encaixar! Em cima, a brincadeira continua com o encaixe das peças didáticas combinando formas de estrela, triângulo, círculo e quadrado e figuras dos animaizinhos. As peças também são empilháveis!

A brincadeira será montar e desmontar, empilhar e desempilhar tudo muitas vezes!

Calesita está no Game dos Bebês no programa Mais Você!

Sete mães e seus bebês se encontram por três semanas, para aprender novidades sobre a maternidade com conversas e acompanhamento de profissionais das mais diversas áreas.

A cada semana, as mamães participam de provas que acontecem em uma casa especialmente montada pela equipe do programa para receber elas e seus filhos. A família vencedora faturará o prêmio de R$ 100 mil.

A Calesita participa do programa com muitos brinquedos para divertir os bebês!

Acompanhe aqui!

 

 

O Bondinho

Por Marly T. de Mello Oliveira - Psicopedagoga Institucional

Como psicopedagoga aprendi que aos doze meses de idade, a criança brinca de maneira específica, colocando e retirando objetos, explorando buracos e encaixes.  Ao mesmo tempo acontece a aprendizado do movimento e a necessidade de se deslocar no espaço. A partir desse momento, a criança começa a se arrastar, engatinhar e usar diversos apoios para ficar em pé.  Mas o tempo de concentração do bebê em relação a determinados brinquedos, é muito curta, pouco mais de dez minutos.

E no site da Calesita conheci o Bondinho, muito lindo e colorido. Soube então que ele era um brinquedo didático, ideal para crianças a partir de um ano. Que possuía diversas peças giratórias e blocos para encaixe, com olhos móveis e som.  E mais dois passageiros que se destacavam do assento.

Pensei então que o Bondinho era o presente ideal para a Alice.  Sou tia-avó da Alice, que está agora com treze meses e mora em São Paulo.

Quando nos encontramos, sentei-me no chão ao seu lado e comecei a tirar o papel colorido com o qual havia embrulhado o presente.  Alice esperou, mas quando viu a embalagem super colorida, começou a ajudar com suas mãozinhas a abrir a caixa.

Quando viu o Bondinho, seus olhinhos brilharam.  Começou imediatamente a empurrá-lo, engatinhando pelo chão e logo em seguida usou o Bondinho como apoio para se levantar.  Mostrei então para ela o botãozinho que toca música e ela ia andando e ouvindo o som, foi lindo!  Comecei a mostrar os olhinhos que se moviam e abrindo a portinha de trás do Bondinho, tirei as peças mostrando que elas se encaixavam na parte superior.  Tiramos os passageiros, tornamos a colocá-los em seu lugar, enfim, foram quase quarenta minutos, nós duas brincando no chão (ai, minhas costas!) e só paramos quando fomos chamadas para o jantar.

Foi uma experiência maravilhosa ver com meus próprios olhos que o Bondinho nos alegrou por muito tempo, desmentindo o pouco tempo de concentração que os estudiosos dizem que a criança tem por um só brinquedo.

Como a vida é maravilhosa! Aprendi com um bebê a repensar as teorias e viver na prática o que um momento como esse pode ensinar.

E recomendo o Bondinho da Calesita para as crianças e para os adultos também!


Marly escreve para o blog todas as 4as feiras

Presenteie seu filho com segurança

Por Mariana Reibnitz - Fisioterapeuta

 


Já vimos que os brinquedos são essenciais para a criança no processo de crescimento e desenvolvimento. Mas existem algumas importantes considerações que os pais precisam saber na hora de adquirir esses brinquedos.

Antes de decidir levar o brinquedo para casa, os pais precisam analisar e conhecer os gostos, facilidades e dificuldades da criança. Opte por brinquedos seguros e que vão contribuir de alguma forma com o desenvolvimento da criança.

Os brinquedos que não oferecem segurança podem apresentar uma diversidade de situações de risco. Dentre os quais, os mais frequentes na literatura são: aspiração ou ingestão, queimaduras, choque elétricos, intoxicações, lacerações e acidentes com projéteis.

A escolha dos brinquedos deve ser feita pela criança junto com os pais, porém a responsabilidade sobre segurança é dos pais, responsáveis e fabricantes. Participam desta responsabilidade os profissionais que prestam cuidado à criança em consultórios, creches, escolas, clubes, dentre outros.

Algumas dicas na hora de adquirir os brinquedos seguros e evitar acidentes:

- Descarte objetos com bordas, pontas afiadas ou que soltem farpas, capazes de causar cortes e arranhões.

- Verifique a faixa etária, caso o brinquedo não estiver de acordo com a faixa etária poderá gerar frustração por parte da criança ou falta de interesse pelo brinquedo.

- Para as crianças menores de seis anos, evite brinquedos que contenham peças pequenas. Elas podem causar aspiração ou sufocação. O brinquedo deve ser suficientemente grande para que não possa ser engolido.

- Prefira peças que sejam facilmente higienizáveis, porque o bebê leva tudo à boca.

- Evite brinquedos pesados.

- Leia todos os avisos e instruções.

- Evite brinquedos que produzem sons altos e que apresentem projéteis, como dardos e flechas.

- Ensine as crianças a guardarem seus brinquedos após a brincadeira. Um local seguro para guardar como um baú ou caixa para armazenamento evita lesões quando tropeçam, escalam ou quando os brinquedos caem sobre eles.

- Se você comprar uma boneca ou bichinho de pelúcia tenha certeza que os olhos, as orelhas,  estão bem seguros.

- Os brinquedos sobre rodas, como patins, patinetes, devem ser usados com capacete e equipamentos de segurança adequados ao tamanho da criança.

- Todo brinquedo deve possuir o selo do INMETRO, Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. Ele garante que o produto passou por testes de durabilidade, segurança e toxicidade. Evitando acidentes sérios como intoxicações, choques elétricos e perfurações, ou serem prejudiciais à saúde, causando alergias, por exemplo.


Mariana escreve para o blog em 5as feiras alternadas.


 

 

Brinquedos para crianças com necessidades especiais II

Por Mariana Reibnitz - Fisioterapeuta

 


Nessa segunda parte do texto irei passar mais algumas dicas de brinquedos para as crianças com necessidades especiais na primeira infância.

- Brinquedos que desenvolvem a motricidade global se encaixam os de puxar e empurrar. Os brinquedos de puxar simples, com cordãozinho, podem ser utilizados, contanto que o cordão não ofereça perigo.

Os brinquedos de empurrar são interessantes porque dão, eventualmente, uma impressão de segurança a criança que pode se locomover andando,  exercendo verdadeira fascinação pelo seu movimento, que prendem longamente a atenção da criança.

Esses brinquedos também podem ser propostos à criança sem nenhuma locomoção, que estão  mais interessada nas idas e vindas que o brinquedo faz quando ela o comanda ao seu redor, sentada ou com o brinquedo à sua frente com o tronco repousando sobre uma almofada. Esses tipos de objetos, além de serem interessantes para a motricidade, estimulam a criança passar de uma posição a outra. Mesmo se arrastando a criança pode buscar seu brinquedo, preparando para começar a engatinhar e andar se possível.

- Bichinhos de pelúcia de pano ou bonecos maleáveis, ajudam à exploração sensoriomotora do corpo propriamente dito e ao reconhecimento de suas diferentes partes. Para estabelecer uma analogia entre o próprio corpo da criança e o do boneco principalmente. Os bichinhos de pelúcia são considerados brinquedos afetivos, utilizados em certos momentos de tensão ou para dormir.

- Brinquedos de encaixes favorecem a coordenação óculo-manual, correspondem também a um momento do desenvolvimento em que a criança se interessa, por razões diversas, pela possibilidade de encaixar objetos. Esse tipo de brinquedo exige uma preensão bastante fina, para a criança com dificuldades de flexionar os dedos ou amputados pode ser utilizado através de um jogo de trocas – por exemplo, passar objetos de fácil manipulação de um carrinho para outro. Para a criança cega, as cores devem ser substituídas por texturas e formas diferentes, escolhidas de modo que a criança distinga claramente.

Crianças com dificuldade de locomoção acham-se mais limitadas em suas descobertas, podem ser mostrados objetos ao seu redor para despertar seu interesse, fazê-las tocar, manipular, é uma forma de compensar a ausência de descoberta independente. Sem enchê-la de diversos brinquedos, é possível que ela ative numerosas experiências.

Em compensação, será preciso prestar atenção para que a criança com limitações não se ache isolada de tudo o que a criança não deficiente integra e explora. Sendo necessário instalá-la de modo que ela participe ao máximo da vida das pessoas que a cercam.

Os brinquedos favorecem a criança a penetração nos diversos aspectos da vida, para ela conquistar novos meios de agir e de transformar esse meio. Favorecendo o desenvolvimento da inteligência prática e a conquista da autonomia. Tendo um lugar importante na construção da vida afetiva e relacional.


Mariana escreve para o blog em 5as feiras alternadas.